Posts Marcados Com: Ezra Pound

Shakespeare and Company

bed-in-shakespeare-bookstore

Você sabia que uma das livrarias mais lendárias do mundo é a parisiense Shakespeare and Company Bookshop? O que a tornou especial é que desde sua abertura ela hospeda escritores e aspirantes à arte literária que querem passar um tempo em Paris para escrever. A livraria original, aberta em 1919 e fechada pelos nazistas em 1940, abrigou James Joyce, Ezra Pound e Ernest Hemingway. A fundadora da livraria, Sylvia Beach, foi responsável pela primeira publicação de Ulisses, de Joyce. Sua reabertura se deu em 1951, com George Whitman, um admirador de Sylvia que batizou sua livraria com o mesmo nome para seguir a mesma proposta colaborativa.

Diante da ilha onde está a Catedral de Notre-Dame, a Shakespeare and Co. mantém seu charme bagunçado, resistindo ao tempo com sua tradição que a fez famosa no mundo literário.

Veja abaixo o trecho do livro Um livro por dia, de Jeremy Mercer, escritor canadense que contou sua experiência como morador da livraria durante os quatro meses que passou por lá.

“Mesmo assim, George continuou. Primeiro comprou uma bicicleta para facilitar as idas à polícia para os relatórios diários. Depois, transformou o processo em um exercício de criatividade para seus convidados. Em vez de simplesmente anotar as frias informações pessoais, pedia que as pessoas escrevessem um pequeno conto sobre suas vidas e como chegaram à livraria. O hábito foi mantido depois do fim do cerco policial, e hoje George tem um arquivo de maravilhas sociológicas: dezenas de milhares de biografias escritas entre a década de 1960 e hoje, uma vasta pesquisa dos grandes vagabundos dos últimos quarenta anos. A missão de colocar a vida em palavras era uma oportunidade de confissão para muitos, e nas caixas abarrotadas de arquivos há histórias de amor e morte, incesto e vício, sonhos e desilusões, todas com uma fotografia três por quatro colada nelas.

Quando pedi para ficar na Shakespeare and Company, George me falou da tradição e me explicou a seriedade do compromisso. Pela primeira vez, desde quando eu era capaz de recordar, realmente estava nervoso para escrever.”

Categorias: Fonte de inspiração, Livrarias do Mundo | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.