Posts Marcados Com: biografia familiar

Lançamento: “Para nossas crianças”

Ainda no início do ano, fomos procurados para editar e concretizar um projeto cuja história já encantava por si.

Tratava-se de um original escrito por Anna Cândida Aranha Rodrigues de Andrade, uma verdadeira contadora de histórias. Suas narrativas eram sempre aguardadas pelas crianças da família, ávidas por ouvir novamente os episódios da infância que Tia Anna sempre trazia consigo. Um dia, atendendo aos pedidos e sugestões dos adultos, ela começou a escrever essas histórias para que ficassem registradas de forma que mais e mais crianças desta árvore genealógica que jamais termina pudessem conhecer no futuro.

Sábio conselho, sábia Tia Anna: ela realmente passou em palavras aquilo que até então havia contado apenas verbalmente. Em 2007, quando faleceu, ela havia garantido a perenidade daquele cenário que hoje se faz tão distante.

Mas ainda faltava o último passo: transformar o arquivo de texto num objeto livre e vivo: um livro! E assim se fez.

Com a Biografias & Profecias o texto foi lido, relido e editado de maneira leve e respeitosa para não lhe tirar a autoria. Recebeu uma diagramação de acordo com aquele tema – a infância na fazenda. Nosso projeto gráfico ganhou a colaboração essencial de dois sobrinhos-netos da Anna Cândida. Por fim, a ideia em mantê-los em preto e branco, pois, como o próprio nome do livro indica é “Para nossas crianças”. Dessa forma, as páginas convidam os lápis de cor para serem coloridas pelo seus atuais e futuros pequenos donos.

Sabemos que cada livro é único, mas ainda nos surpreendemos com o caminho que cada um deles nos mostra. E como sempre queremos assim, sempre trabalhamos para este encontro com o surpreende em todos os aspectos do caminho editorial.

Um brinde à Família Aranha e aos seus pequerruchos, futuros leitores!

foto 2foto 3WhatsApp Image 2017-05-09 at 14.09.55WhatsApp Image 2017-05-09 at 14.08.34 (1)WhatsApp Image 2017-05-09 at 14.08.36WhatsApp Image 2017-05-09 at 14.09.02

Anúncios
Categorias: Nossos livros | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Novo livro: Encontros que celebram a vida

Sabemos que dizer que se trata de um “projeto especial” já está ficando repetitivo na nossa história. Mas fazer o quê? Não podemos nos queixar desse nosso trabalho!

Então mais uma vez, afirmamos em alto e bom som: este foi um livro muito especial. Ficamos honrados em contar essa história que foi assim…

Em novembro do ano passado, fomos chamados pela família desta biografada, pois queriam presenteá-la em seu aniversário, no dia 28 de fevereiro. O tempo era curto, mas viável de se fazer algo do tamanho de uma bela homenagem. Conversamos com o marido, os filhos e com a própria protagonista da história, que, sem desconfiar de nada, nos contou um pouco sobre algumas passagens de sua vida. Em paralelo, colhemos depoimentos daqueles que cruzaram e que fazem parte de sua vida. Familiares, amigos, colaboradores…

A surpresa estava garantida!

Decidido que o livro viria dentro de uma caixa, a filha da biografada nos contou que a mãe adorava trabalhos em patchwork e conhecia uma costureira ideal para providenciar este tecido, que usamos para encapar o exterior da caixa. Na parte interna, um tecido menos espesso e mais neutro.

Compondo a narrativa de sua vida, o projeto gráfico contou com fotos de sua história e elementos gráficos que conversam com sua personalidade… No caso dela, algo suave e alegre, com pinceladas a presença de aquarelas. Dessa forma, aquarelas da própria homenageada ilustram os inícios de cada capítulo.

Foi um desafio para a família selecionar dezenas de fotos sem que ela percebesse. Mas valeu a pena!

 

 

Categorias: Nossos livros | Tags: , , , , , | 2 Comentários

B&P na TV Vanguarda

Nossos meses de janeiro e fevereiro parecem ter seguido o ritmo de final de ano e as coisas por aqui não pararam.

Preparamos o fechamento de dois belos projetos (logo mais daremos notícias), mergulhamos na escrita e edição de mais dois livros e ainda tivemos a oportunidade de conversar com Carlos Abranches, em seu programa Vanguarda Comunidade, veiculado pela TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo no Vale do Paraíba.

O convite para Regina Rapacci falar sobre registro de memórias e histórias de vida foi uma alegria para nós. Além disso, tivemos o privilégio de reencontrar duas clientes que já passaram por nós e carregam hoje suas histórias (empresa e família) eternizadas no papel.

Sem mais delongas, aqui seguem os três blocos do programa:

Vanguarda_bloco01

Bloco 01

Vanguarda_bloco02

Bloco 02

Vanguarda_bloco03

Bloco 03

Categorias: BP na mídia | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Lançamento de livro: Semeando sonhos

IMG_9177_reduzidaCelebramos na semana passada o lançamento de mais uma biografia, agora do querido José Nicodemos Pereira Lopes.

Este livro foi assim: em janeiro de 2014 marcamos o primeiro encontro com aquele que seria nosso próximo biografado: tratava-se de um engenheiro, um perito, um professor da FEI. Aos sessenta e poucos anos, ele queria deixar registrada sua história e a história de suas origens humildes para o seus filhos e garantir que essa trajetória não se apagasse para as gerações seguintes. Nicodemos já tinha este sonho há tempos, observando a riqueza de sua trajetória e ciente de que em algumas culturas é muito comum as famílias terem um livro com o registro de suas histórias.

Essa premissa é o que o rege também o nosso trabalho e – por mais que algumas pessoas estranhem a biografia de alguém “comum”, ou seja, que não está entre as celebridades que vemos na TV ou nas revistas – o ensejo não nos soou estranho. Para nós, que trabalhamos com histórias de vida, não existem pessoas “comuns”.

A surpresa, na verdade, veio quando nos deparamos com aquele senhor que nos abriu a porta de seu escritório naquela manhã.

Como observadores das palavras ditas, mas também das não ditas, ficamos surpesos com a simplicidade do Nicodemos. Se tínhamos uma imagem pré-concebida de um engenheiro, mestre, perito oficial da Justiça, cidadão são-bernardense… aquele pré-conceito caiu por terra naquele instante. E então uma imagem nova, original, começou a se mostrar como tinta fresca em nosso papel em branco quando Nicodemos, com sua voz doce e espírito calmo, começou contar sobre sua vida, começando pela infância. A poeira, o pé no chão e o sonho alto. Ah, e sua risada incomparável!

De uma hora para outra, nos sentimos em casa. “O Nordestino é um poeta, é um artista”, ele nos disse logo no primeiro encontro, quando contou sobre seus pais e pessoas que conhecia. E nos deparamos então com exímio contador de histórias.

E contar histórias não é fácil. Organizar uma vida toda e pensar na maneira de conduzir o leitor é um processo cuidadoso, repleto de armadilhas – sejam as armadilhas da memória ou dos próprios fatos – que são muito particulares de cada livro.

IMG_20150904_200852101_reduzidaNicodemos, em especial, foi um grande companheiro do nosso trabalho. Apaixonado pela história, confiou a nós a realização deste livro, cuja matéria-prima foi generosamente entregue por eleseus familiares e amigos de diferentes épocas e contextos. Portanto ficam os agradecimentos também a todos aos quais pudemos escutar e que compartilharam trechos dessa história. Muitas dessas histórias, contadas com envolvimento e paixão, facilitaram significativamente o trabalho da escrita.

Quando o processo de um livro deste se conclui, não é raro ouvirmos afirmativas do tipo “puxa, fomos até vocês para fazer um livro, mas jamais imaginávamos a experiência que vem junto deste resgate todo!”. No final, o livro acaba sendo mesmo o resultado de um grande mergulho na memória de cada um dos entrevistados, além de toda a emoção ao revisitar fotos, cartas e até mesmo o reencontro entre pessoas que há muito não se viam.

Esperamos que a satisfação de Nicodemos, seus familiares e amigos tenha sido tão grande quanto a da Biografias & Profecias, de fazermos parte deste rico processo biográfico.

Lançamento_reduzida

A editora Regina Rapacci Magalhães com Nicodemos Pereira Lopes, o biografado, e Fred Linardi, autor do livro.

IMG_9176_reduzida

Início do primeiro capítulo.

 

Categorias: Nossos livros | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ego é uma coisa, identidade é outra

tumblr_nlopc4f1rr1rdf6nio1_1280

Por mais que o interesse em histórias de vida tenha ultrapassado as fronteiras das figuras célebres, muitas pessoas acreditam que suas vidas não renderiam um livro por elas serem pessoas comuns, ou não terem alcançado um patamar, digamos, olimpiano.

Bom, primeiramente partimos do princípio de que não existem as tais “pessoas comuns”. Todos temos nossas singularidades formadas pelos nossos sonhos, ensejos, talentos, dificuldades, dúvidas e conquistas. Não importa se o indivíduo viveu como empresário, professor, artista ou dona de casa.

Para alguns, no entanto, parece que transformar sua vida em livro é um certificado de vaidade ou de autopromoção. Isso pode ser verdade – o livro pode ser usado para esse tipo de ferramenta, mas se não for feito com verdade e autenticidade, suas páginas não se sustentam (mas isso é assunto para um outro post…)

O que queremos tratar aqui é que existe um certo pudor, uma sensação da falta de merecimento em protagonizar uma história – mesmo que cada um seja de fato o protagonista de sua própria. Sendo assim, um empresário que superou suas dificuldades, um professor que tanto aprendeu e se dedicou a passar conhecimento aos alunos, um artista que elevou a alma de seu público, a dona de casa que contribuiu para formação de seus filhos… Todos têm livre acesso ao Monte Olimpo – um Olimpo humano, não repleto de deuses, mas onde vive gente de verdade, que sabe o quanto valeu a pena fazer o que foi feito.

Quando se trata de livros empresariais, essa insegurança acomete o líder (muitas vezes o próprio idealizador da empresa). Ele deseja contar sobre sua obra, mas vem com todo o cuidado de não se colocar em sua história, de não se expor, de não “aparecer demais”. Oras, produtos ou departamentos físicos não contam histórias! Quem conta é exatamente quem a construiu, são as pessoas, as mentes e almas repletas de vida e que proporcionam as engrenagens que movem o mundo. Como dissemos, a intenção não é de se construir a imagem do “invencível”, mas sim do ser humano por trás dos números e realizações.

Quando se trata de memórias familiares, há esse receio também, mas parece que as pessoas já enxergam este tipo de livro como um instrumento que será um meio de dialogar com as gerações seguintes, de forma a terem um contato mais próximo sobre suas origens. É uma maneira de resgatar traços de sua identidade acima de qualquer intenção egoica de se ter um livro sobre sua vida, pois ego é uma coisa, identidade é outra. Ego passa, identidade sobrevive. Ego é vaidade, identidade é lastro.

Sendo assim, seguimos com nosso lema de que cada um é herói de sua jornada e todo herói merece ter sua história contada.

A intenção de se ter suas memórias eternizadas já é um motivo mais do que suficiente para registrá-las.

Categorias: história de vida, Nosso Ofício | Tags: , , , , , | Deixe um comentário

Novo livro familiar: Família Villela Feijó

Nosso fim de ano não poderia ter fechado de maneira melhor!

Entre os projetos entregues, pudemos presenciar a alegria da família Villela Feijó, que este ano teve mais um motivo para celebrar. Os nove filhos do casal Antonio e Julieta Villela Feijó nos chamaram para contar a bela e surpreendente história dos pais, cuja saga envolve imigração, empreendedorismo, sonhos, sorte, muito sabor e fé. Mais do que a memória dos pais, que estariam completando 100 anos entre 2013 e 2015, nos deparamos com uma vasta iconografia (entre fotos, cartas, documentos etc…) que compõe este desafiador projeto gráfico.

Para a entrega dos livros, a celebração contou com os netos e bisnetos de Antonio e Julieta, que agora poderão carregar com eles as origens de um belo legado.

Queridos Villela Feijó, agradecemos a oportunidade de eternizar esta história que, com toda razão, vocês compartilham com tanto orgulho!

Um caloroso abraço,
Regina e Fred

VillelaFeijócapaVillelaFeijó IMG_20141220_203112293Trecho do livro:

“Antonio cruzou o jardim do Grande Hotel e algo no gramado brilhou. Era
reluzente o bastante para ser percebido. O rapaz se aproximou daquilo e
viu que se tratava de um anel – um anel masculino cravejado de brilhantes.
Carregou a joia até o escritório da gerência.
— Onde você encontrou isso?
— Eu estava atravessando o gramado e vi uma pedra brilhar.
Ao escurecer, era preciso iluminar o Grande Hotel. Na década de 40, as pessoas mal
podiam imaginar postes com sensores automáticos. O dono daquele grande negócio,
Dr. Octavio de Moura Andrade, confiara a Antonio Feijó a função de dobrar as alavancas
da caixa de força e acionar a energia elétrica. Neste intervalo entre o dia claro e a noite
estrelada da pequena cidade de Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, o funcionário
que fora designado a ficar na portaria encontrou-se com a sorte.
O dono da joia não tardou a se apresentar, perguntando se alguém a havia
encontrado. Quando soube que Antonio fora o funcionário que achara o anel e fizera o
gesto de entregá-lo ao gerente, o hóspede estrangeiro deu-lhe a recompensa.
No fim daquele dia, Antonio voltou para casa com uma nota de 100 mil réis no
bolso. Era a melhor recompensa que poderia ter recebido. Usaria aquela cédula de
maneira inusitada, sem jamais gastá-la.
Por enquanto, ele pouco sabia, mas seu destino já começava a mudar.”

Categorias: Nossos livros | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Nossa primeira turma da Oficina Biográfica Literária

Estamos fechando o mês de novembro com um motivo a mais para comemorar. Pela primeira vez ministramos a Oficina Biográfica Literária, criada por nós a partir do desejo de dar acesso ao nosso modo de fazer àqueles que, por diversos motivos, queriam escrever seus livros à própria mão.

O lugar foi mais do que inspirador: o aconchegante Lugar Pleno, que fica em São José dos Campos e é voltado exatamente para oficinas, palestras, trocas de ideias… Enfim, estávamos num ambiente propício para que os alunos tivessem contato com o assunto, se nutrissem com nossa experiência e praticassem a escrita.

Nós também saímos mais do que satisfeitos! Essa primeira turma foi um presente: sete alunos interessados em observar a vida e a trajetória de si ou de outro alguém a partir de suas fases e do contexto em seu entorno. Entre teoria e prática, um tanto de escrita e… voilà! – a quebra da crença de que escrever é algo difícil, um privilégio para poucos.

Sim, escrever uma autobiografia ou um livro familiar dá muito, mas muito trabalho mesmo. Mas tudo começa com seus primeiros passos. Ficamos orgulhos de proporcionar esse início de jornada da nossa primeira turma – e agradecidos por termos aprendido muito também. Que venham os próximos capítulos!

Fiquem atentos para as turmas no ano que vem…

IMG_20141112_205427498 IMG_20141111_213322766

IMG-20141120-WA0000

Categorias: Oficina de escrita | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Durante as entrevistas

Nesta semana voltamos a ouvir algo comum durante as entrevistas de construção de um livro biográfico. “Nossa! Contratamos o trabalho de vocês para um livro, mas não imaginamos que o processo seria assim tão rico.”

De fato! Nossos clientes percebem, ao longo das entrevistas, a intensidade desta etapa do projeto. O livro passa a ser um resultado de um mergulho profundo e delicado, rememorações da infância, dos momentos marcantes, das alegrias e dores. Ajudar nossos biografados a debruçarem-se sobre passagens da própria vida é um trabalho que fazemos com o máximo de cuidado, instigando, mas também respeitando o tempo e o ritmo de cada um.

Fora isso, fica a atmosfera de celebração, pois registrar momentos da vida em palavras é um nobre motivo. Durante os meses de entrevistas, há encontros e reencontros especiais, já que muitas vezes o livro acaba propiciando a reunião de entes queridos que há muito não se viam.

Na foto, estamos com Nicodemos, depois de uma das entrevistas para o livro que contará sua história.

Nicodemos01

Categorias: Bastidores, Nosso Ofício | Tags: , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.