Dia da gula

Por Regina Magalhães

Hoje é o dia da gula e esta data me faz lembrar de uma  entrevista para um livro. A filha contava que sua tática para espantar a tristeza era preparar a torta de palmito que sua mãe fazia quando ela era criança.

Todos nós temos um sabor que marca nossa história. Eu tenho um sabor que me remete ao amor: o bolo de chocolate que meu marido fez logo que nos conhecemos. Era meu aniversário e eu estava hospedada na casa dele, no Rio. Naquela tarde chuvosa, ele entrou na cozinha, sem dizer nada, e não saiu mais. Como mal nos conhecíamos, fiquei na minha.

Para minha surpresa, quase uma hora depois ele apareceu com um bolo de chocolate fresquinho, ou melhor, quentinho e fofinho, acompanhado de café. Provei e gamei.

Um livro sobre a gula

A gula está presente na vida de quase todos nós e, como não poderia ser diferente, também está na literatura. Uma obra sobre o tema é O clube dos anjos, do escritor gaúcho Luis Fernando Veríssimo. O livro integra a coleção Plenos Pecados, que traz um título para cada um dos sete pecados capitais.

Categorias: Bastidores | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: